Terça-feira, 17 de Abril de 2007
Ali prás bandas da Pedra Redonda
Ai que saudades da minha meninice,quando entrava por aquelas grutas adentro,com os cotos, as velas ,os candeeiros a petrólio, com aquele cheiro á terra.
Hoje, não sei porque carga dágua,nem sequer se pode chegar por perto,tal é o pivete existente.
Existem umas suíniculturas, mesmo por cima dos ditos algares,que as suas foças, são os mesmos.Logo, com consecuências gravíssimas para os lençóis freáticos, sendo que esta zona é das mais ricas nesse tipo de águas subterrãneas de  Portugal ,senão, da Península Ibérica.
SRS. responsáveis por estas áreas,da nossa natureza srs.autarcas srs donos destas lixeiras poluentes como o caneco,vós que sois os mandões ,mandai qualquer coisa a este respeito, e vinde pelo menos, é o mínimo exigível de vós, verificar tais situações.
Vós da QUERQUS, que andais sempre em cima do acontecimento,nunca vos intereças-tes por estasquestões ambientais?Ou será que só vos intereçais por coisas que vos dá o vosso pão?
Ide ver; Pedra Redonda ,junto ao carvalho do tiJesué...
Pocilgas que mandam o lixo para os algares na quinta da serra há uma lagoa que está mesmo em cima dum algar , mas já á muitos anos,ide ver, não quereis andar só a cavalo nos burros.
por ora já chega pois há muito mais.


publicado por velhinhopregasecas às 11:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

SE
SE consegues impor a calma
quando, ao teu lado, todos a perdem
censurando teu nobre esforço
para mante-la
SE não te cansas de esperar,
continuas simples junto de reis
e contra a calunia não calunias
evitando responder
com a fúria do adversário
sem te mostrares ingénuo
nem presumires de sábio
ou de ousadia em excesso
SE não te deixares escravizar
pelo sonho
nem contares demasiado
com a luz da tua inteligência
SE não te perturbas demasiado
com o triunfo ou a derrota
mas, serenamente ,com coragem,
olhas a verdade atraiçoada,
caluniada e espesinhada
os teus ideais caídos por terra
e, de nov os ergues
em mais profundos alicerces
proclamando com firmeza
essa verdade
SE perdes tudo quanto juntaste
e recomeças a trabalhar sem um ai ,
um queixume ,uma lágrima,
e, sorrindo,
fazes das tripas coração,
reúnes todas as energias disperças
e fortifcas a tua vontade
para continuares até á exaustão
SE consegues ser humilde
quando uma multidão te exalta
SE amigos ou inimigos,
não conseguem ofender-te
e dás por igual,
a todos os que procuram
o teu esforço
sem fazer distinção de pessoas
SE um minuto
vale para ti sessenta segundos
cheios de vida
apesar das contrariedades duras
que te tomem,
ainda bem que nasceste
o mundo será teu
e tu serás um HOMEM
RUDYARD KIPLING



publicado por velhinhopregasecas às 01:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 13 de Abril de 2007
O norte e os sulistas.

Uma vez ouvi falar em sulistas,pensava eu que essa palavra era exclusiva dos USA.

Sim, porque lá é que houve uma guerra, entre norte e sul não é, mas enfim, nós somos do lado de cá.

Somos, mas não todos, pois parece que há aí um Sr.que não é.

Um dia destes esse dito,(e parece que quer ser líder aí dum partido daquele gajo que também foi prof. da Independente héhé ganda nóia, mas esse foi convidado a lecionar durante um ano).

Esse sor.veio visitar os terrenos da OTA talvez na expectativa de haver alguma courela disponivel, quem sabe, na eminência de algum negóciozíto.

Ao ser inquirido,o que andava a fazer por estas bandas,retorquiupensava que não era preciso passaporte pra vir aqui.É que Alenquer, também é PORTUGAL.Estes sôres, só querem mesmo é tacho, mas cuídado que o tacho está mesmo

sem nada.
.O Menezes também gosta da coisa, disso não há a menor das dúvidas.
Vamos fazer a ota,otv,mais umas quantas pontes, sim porque as pontes são precisas,principalmente para os ditos funcionários publicos,os miúdos sempre têm razão,quem se mexer primeiro perde.Não tenham medo de fazer obra.É que já ouvi dizer muitas vezes, que o homem parte, mas as obras ficam.Não quereis ser discípulos do homem do chapéu, sim aquele que caíu da cadeira, que só queria papel e alimentar uma guerra que não deu nada.
Não é que o homem fosse mau, não é que nem deixou descêndencia, talvêz pra não ter que mandar os filhos á escola.Nunca se chegou a saber.
Vamos lá aprofundar estes temas é que os Epanhóis têm a Irlanda tem  a Itália e a Alemanha tiveram e o mundo todo está ameassado.Bem mais não inté,pensem nisso.
Os miúdos foram brincar aos funcionários públicos, e o primeiro que se mexesse perdia.
.


publicado por velhinhopregasecas às 21:48
link do post | comentar | favorito

Alcobaça
Não pude deixar de ler um Blog sobre o currículo do nosso .1º M, que, segundo o mesmo blog,foi um alcobacense que o descobriu.
Sr., já que é tão bom descobridor,veja lá se começa a investigar também alguns currículos desses Srs.que governam este Concelho,estas obras que se fazem por aí, coisas que são de bradar aos céus.Meus concidadãos. como não somos capazes de mudar quem nos governa,porque não mudar-mos nós?Sim nós o povo, tem que se mudar o povo.
Vou contar-vos uma piada.
Dois miúdos estavam a brincar, e diz um pró outro .
Vamos jogar aos funcionários publicos?
Ao que o outro pergunta.
E como é que isso é ?
Responde o outro ,
O primeiro que se mexer perde.

sinto-me: protestante, é só protestar
música: Deixei tudo porela (Zé cabra)

publicado por velhinhopregasecas às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quarta-feira, 11 de Abril de 2007
E o Beira mar?!
Vós jogadores do SLB,se fossem meus empregados,só trabalhavam até ao meio dia.
Sim, porque o vosso brio profissional, pura e simplesmente não existe.
Há  trabalhadores que dão mais lucro á uma entidade patronal estando sentados, sem nada fazer,do que fazendo qualquer coisa, pois só sai asneira.Vós brincais com a instituição,com os sócios, com os adeptos, com mais de metade dum pais,tende vergonha, sende submiços,não vos exaltais, não sejais narcisos.
Sr. Santos,derleis pra quê será que é cego? Não me vai dizer que sim?E o Gomes?
Mandai-vos prá frente ,mas não podeis ter medo deles,é que a sorte protege os audáses


publicado por velhinhopregasecas às 21:34
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 6 de Abril de 2007
O palhaço
Logo, vou falar-lhes do abominável homem das bananas, qual macaco em cima dum palanque vestido de palhaço, todo florido mais parecendo um pagode chinês, que me perdoêm; há, também não gosta deles.
O abominável,bem, o gajo só quer euros, euros e mais euros, e depois mandar, quer dizer quem tem euros manda mandar não é, senão vejamos;o Kalifa esse manda,o Kalão esse dorme e o Kalomba?bem, esse trabalha pró gajo!!! xiça que é muito é tudo pó gajo, não pode ser ele que comece a alombar também olha que porra.
Bem, o gajo não quer mesmo mandar,o gajo quer mesmo é pedir,  ele que vá  pedir  ás desertas,atão!  sempre a pedir ao mesmo não vale.
Agora foi-se embora,coitado, será que ainda não viu que também está( cús )pés pá cova .
Agora é que é certo, vou mijá ..............................................................................embora.
Txau até logo.Vou ter com a velhinha


publicado por velhinhopregasecas às 00:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 5 de Abril de 2007
O homem do chapéu
Já sei, vão dizer que chapéus há muitos, mas não faz mal.
Já estou habituado a contrariedades de toda a  espécie,não vos desiludis porque sou um manancial de secas, logo daí o peseudónimo.
Quando eu nasci era pra ser o menino da mamã mas tive que me contentar em ser apenas o cachopo.
É que naquele tempo não havia berços de ouro, só xícote, e ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR coitado também caíu da cadeira.
Há, ele também usava o dito chapéu, e até tinha o nome daquela coisa de borracha com um cabo de madeira, (e ele a dar-lhe com a madeira),aquilo que dá para rapar os tachos .
Mau, não tratem assim os tachos,é que servem para fazer algumas habilidades com algums condimentos lá dentro não é?
Exemplo;um taxo,um pouco de azeite da dita oliveira,uns saramagos alguns bufos mais os ajudantes,o de deus tomaz, que disso não tinha nada, uma cerejeira e alguns caroços,muitos nabos, mas mesmo muitos nabos, experimentai a misturar tudo isto, e deixai cozinhar durante quarenta anos e vede no que dá. COMO DISSE O QUE HÁ MAIS É CHAPÉUS,E PALERMAS?Isso há muitos mais, é como as marés, há muito mais que marinheiros

sinto-me:

publicado por velhinhopregasecas às 23:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Continuação do sumário anterior.
Vamos lá seus comentaristas.
Estou numa de hibernar, não sei porquê, mas com tanta coisa que aconteceu hoje, não me ocorre nada.
Ancião já foi ontem, mas não queria ser de lá, é muito frio, é muito quente, é só nevoeiro as estradas são uma lástima, não sei o que é que aqueles autarcas, com letra pequena lá estão a fazer.Pombal outra autarquia que não faz nada por aqueles caminhos,mas não sois só vós, esperai por mais criticas, lá mais prá frente.
Alcobaça e as suas rotúndinhas, a sua variante, que me perdõem os pequeninos, mas parece mesmo, o dito Portugal em Coimbra.
A rotunda de Évora   de Alcobaça que me perdoem os SRs arquitetos de estradas e os Srs engenheiros de estradas, mas têm que ir novamente para a escola,isto é a minha opinião e será sempre assim, até que a vóz me dôa.
Atão né que tou memo xanado, iiii     só me faltava esta ,agora tenho que pagar a taxa moderadora.
Vou memo passar o visto á rua, até já.
O Alasca pertence aos USA,á tá a dar o um contra todos .
Alô filhos da escola tá tudo bem?
Vamos lá á seca,  então essas saudades, não me digam que não as têm?
Aquela recruta no grupo um,o curso no grupo dois ,as dádivas de sangue para apanhar dez dias de licença, e depois o embarque na João Belo só no pontão depois trouxa ás costas e aí sim, ( NAVIO ESCOLA SAGRES) aquela subida ao mastro grande,sob o olhar atento do mestre de apito na mão, desce daí ó marinheiro, não precisas estar aí na ponta do mastro,e eu, qual lobo do mar, cheio de medo do mandão.E depois o gurupés, a mesena e o traquete.
E lá vou eu outra vez prás minis, os dados, o monopólio as ondas que pareciam castelos, a camaradajem ,. de quantos habitavam aqule hotel ambulante com velas ,com a cruz de cristo.
O mais belo de todos os veleiros do mundo ,na minha modesta opinião.
Leixões Lagos Portimão Canárias as terras do Sor. Alberto João, os Açores e as suas ortences,o queijo da ilha, os copos e as minis ,lá estou eu outra vez nas minis, ilhas lindas.
Há, vejam bem, isto já foi praí há vinte e oito anos, encontrei lá a avó guída a Ortençe, e muitas mais Ortençes que nem sei o nome delas.
Alô marujos, aguentem-se aí, sempre firmes e hírtos.
Amanhã talvês haja mais, está-me a dar o sono, e como não sou padeiro, vou dormir.
Txau e até amanhã


publicado por velhinhopregasecas às 21:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 3 de Abril de 2007
O nabo sécas

Mas eu hoje, tou mesmo nabo, não me ocorre nada.

Será que passei pelas brasas?

Será que pasmei.

Não, vou arrebitar, porque isto da manassice nao é para um mouro né.

Vou-me esfregar, vou saltar da folha de papel,vou fazer tudo que me apetecer, mas, não me vou mandar da ponte abaixo.

Talves devesse ir dormir,mas não tenho sono ,também não sou padeiro,eu vou mesmo mas é dormir.

Amanhã vou a Ancião,talvês me ocorra algo ,talvês um ferrero rochê.

Mas isso não pode ser, e depois os diabos ? É que o D.r disse-me, que tenho o  inferno no corpo.

(Sou diabético),mas tudo bem há bué deles e delas, e pelos vistos safam-se na mesma.

Vou defenir nada; (é uma navalha sem cabo, ao qual lhe falta a lamina).

Estou mesmo marado,estou como aquele gajo que foi aos nabos, e só trouce grelos, mas de carne, mas esperem aí,os nabos não teem grelos de carne, as gajas é que teem! ou não?

Já não sei nada, vou mas é dormir.  Amanhã há mais, se deus quiser e eu ajudar.

Uma esposa estava, depois de se levantar de manhã cedo há janela do quarto,e olhava para o galo galando uma galinha, nisto chega o marido e ela diz-lhe ; também eras capaz de fazer como o nosso galo,que já deu quatro pinócadas enquanto eu aqui estive?

Ao que o   marido pergunta.

E viste se o galo pinócou sempre a mesma  galinha?


sinto-me: mais morto que vivo
música: xíu quero ir dormir

publicado por velhinhopregasecas às 23:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 2 de Abril de 2007
Fronteira 24 horas.
Fronteira que saudades.
Desde o BTT á muitos anos atrás,viajava com o meu filho que praticava,viajando por esses caminhos Alentejanos,Avis, Ponte de Sor,Alter do Chão,esses convivios´salutares o regresso a casa,a alegria de chegar,o juntar novamente á familia.
´Depois, o roncar dos motores 24 HORAS.
Lindo, aqueles treinos livres, aquelas saídas de pista, aqueles ribeiros cheios de água,a partida ,durante a prova ,quais sem abrigo, sem calor nem frio, sempre com muita sede qual devorador de minis inçaciavel comedor de febras, no pão,aqui e ali aonde havia uma fogueira lá estava o velhinhopregasecas....
Talves logo com mais calma haja mais.


publicado por velhinhopregasecas às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

...

Olha a cabelêra do zé-zé

Confissão

Eu é que sou o velhinho.

Não vou por aí

Sim Gostava...

Frazes e pensamentos

O pai e o filho

Dia do juramento de bande...

Reunião Dos Orgãos do Cor...

arquivos

Dezembro 2009

Fevereiro 2008

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

Conta curiosos
start executive online mba programs
earn an mba degree online
blogs SAPO
subscrever feeds